Delegação paranaense é destaque nos Jogos Escolares Brasileiros de 2022
17/11/2022 - 14:57

Encerrou, na última terça-feira (15), a edição de 2022 dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB 's). Os jogos aconteceram de 1º a 15 de novembro no estado do Rio de Janeiro e com a participação de delegações de todo o país. Os  5,6 mil estudantes (entre 12 e 14 anos) competiram em quatro locais: Parque Olímpico da Barra, Complexo Olímpico de Deodoro, Parque Aquático Júlio Delamare e UNIFA. 

Os JEB's contaram com 493 cerimônias de premiação, com a distribuição de 3.354 medalhas para jovens de todo o país. 

A delegação paranaense esteve presente em peso nos JEB 's, foram 14 dirigentes, 35 técnicos esportivos e 287 atletas, de 12 a 14 anos, somando ao todo, 283 participantes para competir nas 17 modalidades do evento. 

Os atletas paranaenses conquistaram 34 medalhas de Ouro, 31 de Prata e 42 na Bronze, somando 107 medalhas no total. Devido a estas medalhas, nossa delegação ficou em segundo no quadro de medalhas e o segundo que mais subiu ao pódio, ficando atrás somente da delegação do estado de São Paulo.

 

Confira abaixo o quadro completo das medalhas conquistadas e suas devidas modalidades.

 
MODALIDADES OURO PRATA BRONZE TOTAL
Atletismo 10 9 12 31
Badminton 1 0 2 3
Basquete 0 1 0 1
Ciclismo 1 2 2 5
Futsal 0 1 0 1
Ginástica Artística 0 0 0 0
Ginástica Rítmica  0 2 0 2
Handebol 1 0 0 1
Judô 6 3 3 12
Karatê 3 3 3 9
Natação 8 7 10 25
Taekwondo 1 1 0 2
Tênis de Mesa 1 1 2 4
Vôlei 0 0 1 1
Vôlei de praia 0 0 2 2
Wrestling 1 0 5 6
Xadrez 1 1 0 2
Total 34 31 42 107

*Dados extraídos de boletins informativos fornecidos pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE).*

Como o fator decisivo é a quantidade de medalhas de Ouro, o Paraná ficou atrás apenas de São Paulo, que conquistou 46 medalhas.

A coordenadora geral dos Jogos Escolares do Paraná, Márcia Moreira Tomadon, comenta que este resultado é o trabalho do estado ao fomentar o esporte escolar. “A Paraná Esporte e a Secretaria de Estado da Educação procuram atender as diversas modalidades esportivas e fazem com que as nossas crianças pratiquem esporte o ano todo. Mesmo depois de uma pandemia, o Paraná mostrou a garra e força dos alunos atletas. E o resultado está aí: somos referência ao ficar entre os três estados com o melhor esporte escolar do Brasil”, finaliza Márcia.

Para o presidente da Federação de Desporto Escolar do Paraná (FDE-PR), Jackson Almeida, a participação da delegação paranaense foi significativa para muitos atletas. “Os alunos atletas paranaenses vivenciaram uma competição a nível nacional com transporte aéreo, hospedagem e alimentação custeados pelo sistema da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE)”, relata Almeida.

O professor do Colégio Estadual Cívico Militar Professor Jaime Rodrigues, Edson Tobias Mendes, foi o responsável pela equipe do voleibol masculino que representou o Paraná nos JEB’s. Ele revela que viajar para uma competição nacional fazia parte do imaginário dos atletas desde a etapa municipal, em Guaíra. “Nossos meninos viveram um sonho que existe desde a primeira vitória. O sonho de uma viagem, o sonho de estar em um avião, o sonho de estar no Rio de Janeiro. Com medalha ou não, nossos atletas são o orgulho de nossa terra! E, a cada um que se envolveu nesse evento maravilhoso, registro meus agradecimentos por terem abraçado este sonho”, complementa Mendes. 

Além da experiência de viajar por meio do esporte, outro ponto de grande relevância é a possibilidade dos alunos receberem o Auxílio Esporte Escolar, disponível para os atletas e suas famílias que vivem em condições de vulnerabilidade social, e que estejam inscritos no Auxílio Brasil. 

Auxílio Esporte Escolar e Bolsa Atleta

Para os atletas que pertencem a famílias em condição de vulnerabilidade inscritos no Auxílio Brasil, os Jogos Escolares Brasileiros serviram como critério para indicação ao Auxílio Esporte Escolar, um dos benefícios complementares previstos no programa de transferência de renda do Ministério da Cidadania.

O Auxílio Esporte Escolar prevê 12 parcelas de R$ 100 para incentivar a criança a seguir praticando a atividade esportiva e uma parcela anual de R$ 1.000 para a família. Isso além do valor mínimo de R$ 600 a que cada família do programa tem direito mensalmente.  Em 2021, um total de 1.405 estudantes atletas receberam o benefício.

Os resultados dos JEB's 2022 servirão para indicar os medalhistas para a categoria Estudantil do Bolsa Atleta, programa voltado para o esporte de alto rendimento da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

Trajetória para os JEB's 

Para chegar até o Rio de Janeiro, alunos atletas dos municípios paranaenses passaram por quatro etapas de competições nos Jogos Escolares do Paraná, sendo as fases municipal, regional, macrorregional e final. Os vencedores da fase final seguem para a competição nacional, que é os Jogos Escolares Brasileiros.

 

Sobre os JEB's 

Os Jogos Escolares Brasileiros são uma realização da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) com o apoio da Secretaria Especial do Esporte. A delegação paranaense conta com o incentivo do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Educação e Esportes, Superintendência Geral do Esporte e é supervisionada pela Federação do Desporto Escolar do Paraná.