Esporte

28/6/2019 13:20:00

Tarumã recebe eventos nacionais de artes marciais

Neste fim de semana o icônico Ginásio do Tarumã será palco de dois grandes eventos nacionais. Desde a reinauguração, após reforma em 2017, o ginásio tem recebido inúmeros eventos das mais variadas áreas e desta vez as artes marciais vão dominar o espaço que tem capacidade de público para 4.555 pessoas.

Na sexta-feira (28.06) o local recebe pelo segundo ano consecutivo o Max Fight, consolidado como um dos principais eventos de MMA no Brasil com supervisão da Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA). Esta será a 23ª edição do evento e a expectativa dos organizadores é grande, conforme comentou o CEO da organização, Ricardo Saldanha.

"Tenho certeza que o Max Fight será um sucesso na cidade que tem no DNA as artes marciais e onde surgiram grandes lutadores, como Wanderlei Silva, Anderson Silva, Maurício Shogun, Murilo Ninja, entre outros, além do Mega World Vale Tudo, que foi um dos primeiros eventos de MMA do Brasil que começou em Curitiba. O Max Fight com certeza tem tudo para revelar muitos nomes", apontou Ricardo.

O evento começa às 21h e terá no card principal 12 lutas que serão transmitidas pelo canal Combate. O ingressos custam de R$ 20 a R$ 30.

Já no sábado (29.06), às 9h, o local vai receber o encontro nacional de uma das academias mais tradicionais do mundo nas artes marciais, a curitibana Chute Boxe que formou vários campeões de artes marciais, entre eles Wanderlei Silva, Anderson Silva, Cris Cyborg, entre tantos outros. O encontro terá a presença de professores e alunos de todo o Brasil e será aberto ao público. O objetivo é estimular a prática das artes marciais, como disse o coordenador do evento Rudimar Fedrigo.

“É um encontro para promovermos as artes marciais. A entrada é um quilo de alimento não-perecível que será entregue para projetos sociais que envolvam as artes marciais. Para nós é uma grande satisfação ter o apoio do Governo do Estado ao esporte do Paraná. Agradeço ao diretor-presidente Helio Wirbiski pois é muito importante ter essa parceria com o governo que estimula a prática esportiva através das artes marciais que é justamente o que nós vamos fazer”.

JAPS Combate

O Paraná terá em seu calendário esportivo um evento específico para as artes marciais – o JAPS Combate lançado recentemente pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. A competição será uma espécie de Jogos Abertos do Paraná voltado apenas para as lutas.

O Japs Combate será em setembro de 2020, em Londrina, e reunirá dez modalidades divididas em duas categorias. A categoria Olímpica integra judô, karatê, taekwondo, luta olímpica e boxe. Já jiu-jitsu, muay thai, capoeira e Kickboxing pertencem à classe não olímpica.

Multicampeão de MMA (artes marciais mistas), o lutador curitibano Wanderlei Silva será o embaixador e padrinho do evento. A expectativa é que o JAPS Combate reúna em torno de 1.500 atletas.

Artes marciais dentro das escolas

Neste mês o governador anunciou também que o Governo do Paraná vai levar as artes marciais para dentro das escolas estaduais, oferecendo treinamentos no contraturno às aulas convencionais e também nos fins de semana. A ideia é começar o projeto-piloto no segundo semestre deste ano em, pelo menos, três núcleos de educação. A partir de 2020, com o aprimoramento da iniciativa, a meta é difundir para as mais diversas regiões do Estado.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.