Talento Olímpico do Paraná - TOP 2020

TOP 2020 - edição 2018


20/03/2018CONVOCAÇÃO PARA ENTREVISTAS DOS CANDIDATOS À EQUIPE ADMINISTRATIVA do TOP 2020.

21/02/2018EDITAL DE SELEÇÃO DA EQUIPE ADMINISTRATIVA (edição 2018) do programa Talento Olímpico do Paraná - TOP 2020.


O Edital de seleção dos ATLETAS e TÉCNICOS será divulgado a partir do mês de abril. Fique atento às publicações no site da SEET - http://www.esporte.pr.gov.br - em nossas redes sociais.


O Talento Olímpico do Paraná

O Programa Talento Olímpico do Paraná é um marco para o país, sendo o maior programa, em nível estadual, de incentivo ao esporte do Brasil. Uma realização do Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Turismo, com o patrocínio exclusivo da Copel.

TOP

Criado se pensando, a princípio, no ciclo olímpico e paralímpico Rio 2016, ultrapassou todos os objetivos inicialmente estabelecidos e se consolidou como um modelo a ser seguido, nominado a partir de agora como TOP 2020.


Ao longo de seis edições (2011 a 2017), milhares de jovens, da formação à pratica de alto rendimento, foram beneficiados por esse projeto inovador cujo foco principal foi o crescimento desportivo paranaense, aliado ao desenvolvimento social. Neste período, foram mais de 6.000 atletas e técnicos atendidos, com um investimento de quase R$ 25 milhões. As provas do sucesso? Em 2017, o Paraná se sagrou bicampeão geral dos Jogos Escolares da Juventude, etapa nacional (12 a 14 anos). Tanto em 2016 quanto em 2017, a maioria das medalhas dos alunos-atletas paranaenses foi conquistada por bolsistas do TOP. Mais: o Brasil foi campeão geral dos Jogos Mundiais Escolares - Gymnasiade, em 2016. e neste evento internacional, considerado a olimpíada escolar, 17 medalhas foram do Paraná. Dessas, 16 foram de atletas do Talento Olímpico.

top2020

Mas a grande consagração veio com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. De uma estimativa prévia de 12 bolsistas com reais chances de classificação, o TOP chegou ao Rio de Janeiro com 32 atletas e 2 técnicos, em 19 diferentes modalidades, voltando para casa com duas medalhas de prata, com Ágatha Bednarczuk (vôlei de praia) e Marcelo Santos (bocha).


Outros tantos resultados significativos ocorreram. Títulos mundiais, sul-americanos, recordes pan e parapan-americanos e um grande números de medalhas em nível nacional desfilam agora no pescoço de atletas e técnicos apoiados pelo Talento Olímpico do Paraná.


NOVO CICLO

Pensando em repetir o sucesso obtido no primeiro ciclo (2012 – 2016), o programa entra agora numa nova fase de execução, na qual a proposta se inicia com a preparação de talentos esportivos para a disputa dos jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020.  Ciclo este que começou em 2017 e segue em 2018 atendendo tanto atletas já consagrados, quanto novas promessas com potencial para, no futuro próximo, obterem resultados em âmbito nacional e internacional, possivelmente conquistando as vagas junto à nata do esporte mundial. 


Siga as redes sociais do TOP 2020:

face insta


Recomendar esta página via e-mail: